Como o fortalecimento da Marca Pessoal auxilia na conquista de uma carreira global

Compartilhe:

Sair do país de origem para buscar novos desafios pessoais e profissionais em outros locais do mundo vem se tornando algo cada vez mais comum entre os brasileiros que já não encontram no Brasil as oportunidades de crescimento desejadas.

Seja pela crise econômica que está afetando diversos setores do país ou pela busca por uma qualidade de vida melhor, mais de 3 milhões de brasileiros já estão vivendo em outros países,  de acordo com dados do Ministério das Relações Exteriores, levantados em 2014. Os dados mostram ainda que o local mais buscado por brasileiros que pretendem construir uma nova vida é a América do Norte, com mais de 1,3 milhão de imigrantes brasileiros. Em segundo lugar está o continente Europeu, que já possui cerca de 860 mil brasileiros.

Apesar de buscar novos desafios, muitos brasileiros acabam encontrando dificuldades para conquistar seu espaço em um novo país, principalmente na esfera profissional. Neste momento em que o profissional está formando ou busca por uma carreira global, o fortalecimento e o gerenciamento da marca pessoal tornam-se ainda mais necessários devido a diversos fatores, entre eles, a competividade do mercado internacional.

Desafios e Oportunidades

  Tana Storoni, 30 anos, é Coach e Consultora de Carreira no Exterior. Ela decidiu sair do Brasil para viver em Dublin, na Irlanda, há sete anos. A princípio, o objetivo de Tana era o de viajar para realizar o sonho de aprender inglês, no entanto, acabou conhecendo seu futuro marido e tomou a decisão de morar definitivamente na Europa.  “Tive que voltar para o Brasil para terminar minha faculdade de Psicologia e tive um choque muito grande na volta, percebi que já não me adaptava mais no Brasil pela qualidade de vida na Europa ser melhor. Depois de um ano e meio no Brasil voltei para Dublin já com a certeza de que minha vida seria lá e já fui focada na minha carreira”, destaca.

No início, ela encontrou muitas dificuldades para mostrar o seu trabalho e conquistar espaço no mercado, principalmente por não ser fluente no inglês de negócios e por ser apenas graduada. “Comecei, literalmente, do zero e tive que estudar ainda mais e estagiar. Cresci profissionalmente em Dublin e devo isso a saber me portar e fazer meu próprio marketing pessoal. Temos que nos vender em tudo na vida para sermos levados a sério, ainda mais quando o inglês não é a nossa língua nativa”, aponta.

Quando decidiu alavancar sua carreira fora do Brasil, lançando-se como autônoma no mundo do Coaching e Consultoria de Carreira no Exterior, Tana começou a perceber a necessidade de fortalecer ainda mais sua marca pessoal. Para isso, ela buscou ajuda profissional da especialista em Personal Branding, Daniela Viek, no Brasil. “Depois de trabalhar por cinco anos em recrutamento na Irlanda, sendo o último ano no LinkedIn, eu entendi que ter uma marca pessoal forte é essencial para se promover e conquistar mais resultados na carreira. Procurei por ajuda profissional para melhorar o posicionamento e as estratégias da minha marca pessoal em um momento muito especial da minha carreira, algo que vem me fazendo avançar na visão e atuação quanto aos meus objetivos de negócios neste país”, comenta.

Assim como Tana, Sibia Keila Nascimento, 49 anos, também optou por sair do Brasil há 15 anos. Sua escolha foi os Estados Unidos. Atuando como educadora durante a maior parte do tempo em que vive no local, Sibia percebeu, ao concluir a formação em Life and Financial Coaching, em 2015, que precisava trabalhar de forma mais intensa e fortalecer sua marca pessoal. “Entendi que as pessoas precisavam conhecer minha nova fase de projetos e carreira e, para isso, me posicionar no mercado de forma assertiva é fundamental”, conta. Sibia lembra ainda que para se posicionar e se destacar como um profissional é muito importante a qualidade em todos os pontos de contato com a marca pessoal, seja na internet ou fora dela, outro motivo que também a levou a procurar pela assessoria da estrategista aqui no Brasil.

Planejamento e Estratégias

Para conquistar uma carreira global sólida, Daniela Viek, que desde 2010 também decidiu internacionalizar sua carreira através de viagens culturais, acadêmicas e profissionais em outros países, e hoje faz mestrado nos EUA e desenvolve seu trabalho também com enfoque em brasileiros no exterior, afirma que antes de o profissional decidir ingressar nessa nova jornada, é importante trabalhar alguns aspectos. Entre os passos essenciais, está o fortalecimento do seu network, ou seja, o estabelecimento de contato com pessoas estratégicas em outros países. “O LinkedIn, por exemplo, é uma ferramenta muito poderosa para isso. Comece a se conectar com pessoas estratégicas, levante o maior número de informações possíveis sobre entidades e comunidades brasileiras que existem nesse país. Já comece a estabelecer contato com profissionais de seu segmento, a fim de conseguir o maior número de informações e conexões possíveis”, aponta a especialista.

Além disso, outro aspecto fundamental é a maneira com que o profissional vai levar para o outro país o histórico profissional que possui no Brasil, com suas conquistas e resultados no mercado. Também é importante investir constantemente no desenvolvimento pessoal e profissional, através de cursos de idiomas, especializações, mestrados, entre outros. “Quando falamos de marca pessoal, estamos falando sobre valor. Quanto mais você a fortalece, maior é o valor percebido pelas pessoas, pelo mercado, mais você será desejado pelas organizações, mais as pessoas vão querer te contratar, estar com você. Personal Branding (Gestão da Marca Pessoal) é um trabalho constante, não bastam ações isoladas de Marketing Pessoal. A partir do momento que se tem o fortalecimento de sua Marca Pessoal, o profissional pode ter mais facilidade em se posicionar em uma nova comunidade no exterior. Trata-se de um planejamento estratégico pessoal para que seja mais facilitado este momento de transição de carreira, por isso é importante estar atento, visto que essa tendência em migrar para outro país tende a crescer cada vez mais”, avalia Daniela.

Competitividade

Em um mercado internacional, a competividade é ainda maior, por este motivo, é necessário estar preparado para enfrentá-la. Ainda de acordo com Daniela Viek, existem três cenários: brasileiros disputando o mercado internacional com outros brasileiros, existe a disputa de espaço com os profissionais (nativos) daquele país e também disputa com outros imigrantes. “Nesse processo é preciso trabalhar muito forte a marca pessoal para que possamos ter oportunidades igualitárias, talvez não conseguirá em um primeiro momento, mas facilitará sua jornada e conquista de resultados em médio prazo, fará com que você enfrente melhor o competitivo cenário internacional”, pontua. Ela indica fazer a avaliação do mercado em que se deseja ingressar, ver quais profissões estão com maior demanda, quais cursos estão em alta, entre outras informações para facilitar sua entrada e posicionamento na nova fase da carreira.

Para a estrategista de marcas pessoais, os profissionais que investem no fortalecimento de sua marca pessoal para iniciar uma carreira global ganham destaque, posicionamento e ampliam as possibilidades de diferenciação. Daniela lembra ainda que o profissional que não fica fechado sabe se articular e usa muito bem a internet tem mais pontos a seu favor em prol de sua carreira. “Quando você fortalece sua marca pessoal e analisa todo o contexto, consegue um melhor posicionamento, penetração de mercado e velocidade. Conquista resultados antes do tempo, diferentemente da pessoa que chega a outro país e fica perdida. Quando você já tem esse planejamento antes de fazer a mudança, é fantástico, sofre menos. Caso a pessoa já esteja lá e esteja perdida ou deseje potencializar seus resultados é preciso começar a fazê-lo o quanto antes. Fazemos esse trabalho para que a pessoa não fique andando em círculos e possa perceber a carreira avançando. Sem um trabalho nesse sentido muitas podem ficar apenas esperando as oportunidades acontecerem, sem criá-las”.

Posts Relacionados